Mensagem do Vice Presidente



Caros sócios,

Em nome da direção da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardio-Torácica e Vascular (SPCCTV), gostaria de agradecer a todos os participantes do congresso SPCCTV 4DVisions18, o contributo para o seu grande sucesso. Sentimos um enorme orgulho no resultado de mais um ano de dedicação e trabalho dos membros da direção, clubes de internos, corpo editorial da revista e dos sócios em geral, este últimos, o verdadeiro propósito da SPCCTV. Agradecemos também à Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) todo o empenho na organização do congresso. A APIC personificou, de forma exemplar, o espirito de multidisciplinaridade desta sociedade científica, proporcionando uma 4ª dimensão/visão da patologia cardiovascular – visão relevante, atual e motivadora de debate e aproximação entre os vários profissionais envolvidos no tratamento de doentes tão complexos como são os nossos.

É comum ter uma perceção enviesada do sucesso de um evento, quando se olha para o mesmo apenas pela perspetiva de quem se envolveu diretamente na sua organização. O esforço e entrega dos intervenientes geram inevitavelmente uma sensibilidade particular para avaliar os resultados, mas o sucesso do congresso SPCCTV 4DVisions18 está longe de ser subjetivo. Os números falam por si: cerca de 300 participantes, mais de 70 trabalhos científicos apresentados, forte adesão aos cursos pré-congresso, sessões dedicadas a enfermeiros, cardiopneumologistas e colegas de Medicina Geral e Familiar da região do Algarve e um painel de distintos especialistas nacionais e internacionais, com comunicações de grande qualidade. Pela primeira vez consagrámos uma sala dedicada à Cirurgia Torácica, permitindo a apresentação dos seus temas específicos num local adequado, dando o destaque merecido a esta especialidade.

O 4DVisions18 constituiu também uma montra para a apresentação de novos dispositivos, com vários simpósios dedicados à indústria, honrando os nossos compromissos para com aqueles, sem os quais, esta organização não seria possível e permitindo a indispensável divulgação de novas tecnologias aos profissionais de saúde.

Com a consciência de que as sociedades científicas não devem apenas proporcionar um palco para a apresentação de comunicações, e que devem também constituir um local de encontro e confraternização entre os seus associados, incorporámos um programa social que penso que foi do agrado de todos. Uma criativa clínica de Stand-up Paddle e o jantar do congresso seguido de festa na discoteca Le Club, contribuíram para consolidar a imagem de marca do nosso congresso e deixar boas memórias aos participantes.

Foram eleitos em Assembleia Geral os novos corpos sociais, que vão continuar a trabalhar para construir uma sociedade cientifica mais forte, mais representativa e mais relevante. Estamos motivados e o futuro parece promissor. As tendências atuais têm reafirmado a importância da multidisciplinaridade como o caminho para a excelência dos resultados. Esta sociedade, quase visionária aquando da sua criação, permanece atual e pertinente no seu conceito – valorizando a especificidade de cada uma das suas componentes e celebrando a importância da sua interação. Vamos continuar a investir na formação dos mais jovens, contando com uma colaboração cada vez mais próxima dos representantes dos Clubes de Internos das várias especialidades, e vamos investir ainda mais na revista da SPCCTV, por forma a conseguir a obtenção de fator de impacto. Este vai ser o foco principal do nosso trabalho, com vista a proporcionar uma plataforma de fácil acesso para a publicação de trabalhos científicos na área da cirurgia Cardíaca, Torácica e Vascular, que seja relevante e enriquecedora dos currículos nos nossos internos e especialistas, a nível nacional e internacional. Atualmente com mais 100 trabalhos em espera para publicação, em dia, no que toca a data de publicação e mantendo presença na PubMed há mais de uma década, estamos numa posição única para conseguir a incorporação no Institute for Scientific Information (ISI) Web of Science, conseguindo as tão necessárias citações para atingir o nosso objetivo.

Por último, tenho a honra de anunciar a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) como parceiro para o congresso SPCCTV 4DVisions19, seguro de que esta colaboração será uma enorme mais valia para a nossa sociedade. Os interesses comuns entre as várias especialidades, assim como o trabalho que realizamos diariamente com a Cardiologia no diagnóstico, avaliação médica e intervenção cardiovascular, justificam amplamente esta parceria. A SPC, uma das mais proeminentes sociedades cientificas nacionais, irá seguramente contribuir para que o próximo congresso seja um novo marco na história da SPCCTV.

Continuo a contar convosco, porque juntos somos mais fortes.

Desejo a todos os sócios e às suas famílias um Feliz Natal e um 2019 pleno de sucessos pessoais e profissionais.



Gonçalo Cabral

Vice-Presidente da SPCCTV