Mensagem do Secretário Geral



Caros sócios,

Após mais um ano de profundas transformações na Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardio-Torácica e Vascular (SPCCTV), aproxima-se novamente o congresso anual. Corolário do trabalho realizado pelos sócios e pela direção, constitui o ponto de encontro de várias gerações de cirurgiões, unidos pela dedicação ao tratamento das múltiplas patologias que se agregam nesta sociedade científica. Este espírito de partilha de experiências e cooperação foi, desde a criação da SPCCTV há mais de 30 anos, o motor e a grande força desta sociedade. Este espírito, não só permanece vivo, como se enraizou mais profundamente no nosso ADN, fortalecido pelas adversidades com que naturalmente se depara qualquer instituição com tão longo percurso. Mas nem só na dificuldade encontrámos a força para prevalecer e melhorar. Fizemo-lo sobretudo pela exigência dos nossos sócios, em especial dos mais jovens. Exigência de uma sociedade que sirva realmente os seus interesses formativos e científicos, com qualidade nas ações que promove e nas causas que suporta. Escutámo-los e tentámos ir ao encontro destas pretensões, para que, cada vez mais, se identifiquem com a sociedade e a sintam como sua. Pensamos ser a forma mais digna de assegurar a continuidade da SPCCTV e de prestar homenagem a todos aqueles que a ela se têm dedicado.

O congresso SPCCTV 4DVisions18, segue o modelo de sucesso que estreámos em 2017. Este ano, temos a honra de contar com a Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) para representar a 4ª dimensão/visão da patologia cardiovascular, facto que será seguramente uma enorme mais-valia para todos os participantes. A APIC constitui um parceiro óbvio para este evento, pois representa aqueles que já o são, verdadeiramente, no nosso dia-a-dia. A visão intervencionista, outrora tão distante da prática clínica do cirurgião cardíaco e vascular, é hoje em dia partilhada por todos estes protagonistas. Numa era em que, cada vez mais, se adotam técnicas minimamente invasivas, deparamo-nos com um número crescente de procedimentos que necessitam de colaboração multidisciplinar, com vista a oferecer o melhor tratamento a um grupo de doentes altamente complexo. Não obstante a intervenção cardiovascular ser parte integrante do nosso armamentário terapêutico, seguramente temos muito que aprender e partilhar com aqueles que foram pioneiros nesta área. O mote deste congresso – “The grey zone” – incorpora o espirito de debate que se pretende num evento que celebra a multidisciplinaridade.

Além da honrosa parceria com a APIC, o nosso programa conta com um vasto painel de especialistas nacionais e internacionais e com cursos pré-congresso, no âmbito da academia SPCCTV, constituindo oportunidades únicas para uma aprendizagem de carácter prático. É de salientar que vários destes cursos foram pensados e organizados pelos nossos clubes de internos, dando voz e resposta às necessidades daqueles para quem a formação é ainda mais importante. Além das habituais comunicações livres, procurámos dar mais tempo de antena aos nossos internos e reeditámos a sessão Arena dos Leões, formato de sucesso patenteado pela SPCCTV e que vai seguramente continuar a dar que falar, com a apresentação de casos polémicos pelos futuros especialistas.

Nada disto seria possível sem o apoio da industria, que, mais uma vez, reiterou a confiança na SPCCTV, espelhando a relevância cientifica do trabalho realizado e a importância da reunião no panorama nacional.

Por último, e porque o congresso SPCCTV 4DVisions18 é também um momento de confraternização, convido todos os sócios a participar no programa social, que contará com uma clinica de Stand-up Paddle e com um jantar seguido de festa na discoteca Le Club.

Conto convosco, porque juntos somos mais fortes.

Vemo-nos no Algarve!


Secretário Geral da SPCCTV

Gonçalo Cabral